Ferramentas Pessoais
a a a
Revista CH / Revista CH - 2001

Por que as hemácias dos mamíferos não têm núcleo e como podem viver por 120 dias?

Pergunta de Allyson Coelho Sampaio, Conselheiro Lafaiete/MG

Por: Germán Arturo Bohórquez Mahecha

Publicado em 15/05/2001 | Atualizado em 30/11/2009





 

Durante o processo evolutivo, os mamíferos elevaram sua temperatura corporal e desenvolveram a capacidade de mantê-la relativamente constante (homeotermia). Esse aumento da temperatura corporal foi acompanhado de um incremento da taxa metabólica e de uma exigência maior no transporte de oxigênio (O2).

Sendo o núcleo celular uma estrutura metabolicamente ativa, ele consome quantidades consideráveis de O2. Com a perda do núcleo, as hemácias dos mamíferos deixaram de utilizar oxigênio, tornando-se mais eficientes no transporte desse gás. As hemácias dos mamíferos, por não possuírem núcleo, não são rigorosamente células: portanto, o correto é dizer que elas 'duram', em vez de 'vivem', 120 dias.

Ciência Hoje 171, maio 2001 

Germán Arturo Bohórquez Mahecha, 
Laboratório de Morfologia de Aves, 
Universidade Federal de Minas Gerais.

 

  
 
 


 
 
Ações do documento
novobannerch.jpg  

pchael
Assinatura digital

acervo digital

Clique aqui para informações

Suplemento cultural

banner sC

Quer publicar na CH?

Se você é pesquisador e gostaria de submeter um artigo para publicação na Ciência Hoje, confira antes nossas instruções para autores.

Acesso aos PDFs

A cada nova edição da CH impressa, alguns artigos e seções estarão disponíveis para todos os leitores. Esses itens estarão identificados com o ícone PDF aberto. Os outros artigos e seções (identificados com o ícone PDF fechado) em breve estarão disponíveis para os assinantes da CH.

RSS

RSS gif

Seja notificado sempre que for publicada na CH On-line uma nova matéria da CH impressa. Saiba mais sobre RSS.

Sua opinião

Caro leitor, gostaríamos de contar com sua colaboração, respondendo a uma breve pesquisa para aprimorarmos ainda mais a qualidade da revista Ciência Hoje. Na edição deste mês: 1) Qual o artigo de que você mais gostou? 2) Qual o artigo de que você menos gostou? Deixe suas respostas nesse fórum ou envie-as para cienciahoje@cienciahoje.org.br. Obrigado por sua participação!

 
Parceria: 

Ciencia Hoy