Ferramentas Pessoais
a a a
Blogue / Bússola

Ciência a um toque de distância

Conheça alguns aplicativos para ‘tablets’ e celulares voltados a quem se interessa por temas científicos.

Ciência a um toque de distância

O aplicativo Stelarium permite visualizar o céu noturno e identifica a posição, o nome e a distância de cada astro. (imagem: reprodução)

A moda dos aplicativos para tablets e celulares já atingiu o público que gosta de ciência. Há programas para todos os gostos, da astronomia à biologia, passando pela matemática. Além disponibilizar informações científicas para os aficionados de plantão, os aplicativos podem ser úteis no aprendizado de crianças e até auxiliar na coleta de dados para pesquisas. Confira abaixo uma pequena seleção:

O céu na palma da mão

Você passa muito tempo de cabeça baixa olhando para a telinha do celular? Então esses aplicativos vão te ajudar a erguer a cabeça. Voltados para quem gosta de astronomia e quer passar mais tempo observando o céu, esses programas trazem informações e curiosidades, além de terem um visual muito bonito. Dá pra passar horas só admirando os gráficos.

O programa mostra o céu noturno e possibilita a visualização dos planetas e da posição de estrelas e constelações dos hemisférios Sul e Norte

O Stelarium é um dos mais famosos e mais clássicos dentre os aplicativos de astronomia. Apesar de a versão para celular ser paga, é possível baixar gratuitamente o aplicativo para computador diretamente do site. O programa mostra o céu noturno e possibilita a visualização dos planetas e da posição de estrelas e constelações dos hemisférios Sul e Norte, com informações como o nome e a distância a que está cada estrela.

O 100.000 stars, que, apesar do nome, exibe a representação de 119.617 estrelas, é um guia interativo que permite navegar entre esses corpos celestes usando o mouse e dando zoom na tela. Para visualizar as informações das estrelas, basta clicar em cada uma delas. O programa usa dados e imagens das agências espaciais norte-americana (Nasa) e europeia (ESA) e seu visual, assim como o da maioria dos aplicativos do gênero, é de encher os olhos. Embora tenha sido desenvolvido para o Google Chrome, também é possível acessá-lo em outros navegadores.

Aplicativo 100.000 stars
O aplicativo 100.000 stars permite navegar em meio a 119.617 estrelas representadas na tela, inclusive com ‘zoom’. (imagem: reprodução)

Já o Planetary fica aqui como curiosidade. O aplicativo não traz informações sobre o cosmos, mas organiza a sua lista de músicas do iTunes como se fosse um pequeno universo. Cada estrela é um artista, cada planeta que orbita a estrela é um álbum e cada lua dos planetas é uma música da lista. O visual é bacana e divertido para quem curte astronomia. O aplicativo está disponível gratuitamente para o sistema operacional IOS 4, disponível em aparelhos da Apple, como iPhone e iPad.

Ferramenta educacional

Com o uso cada vez maior das ferramentas tecnológicas na educação, não é de se espantar que se criem aplicativos para ajudar no aprendizado escolar. Esses programas podem ser uma forma divertida de aprender ou relembrar o que nos ensinam na escola.

Um deles é o The Human Body, disponível para o sistema operacional IOS. Seu objetivo é mostrar o funcionamento do corpo humano. Voltado para crianças, o aplicativo tem um visual simples e fácil de entender. Na tela, aparecem o coração, as córneas, o estômago, o intestino grosso e outros órgãos do corpo, que a criança pode ver em ação com as funções do aplicativo e até fazer o boneco soltar pum.

Aplicativo The Human Body
O aplicativo The Human Body mostra o funcionamento do corpo humano. Voltado para crianças, ele pode ajudar no aprendizado escolar. (imagem: reprodução)

Já o aplicativo brasileiro MathYou pretende auxiliar crianças no aprendizado de matemática. Desenvolvido por um menino de 13 anos para uso gratuito em Iphone e Ipad, o aplicativo disponibiliza exercícios voltados para alunos do ensino fundamental. Ele gera diversas equações, desde as mais básicas, como adição, multiplicação, soma e subtração, até as que incluem exponenciação, radiciação, frações ou números negativos. Uma mão na roda para quem precisa de ajuda com matemática.

Da natureza para o celular

Aqueles que se preocupam com a proteção da fauna e querem contribuir com estudos desenvolvidos na área podem baixar o aplicativo brasileiro Urubu Mobile.

Criado para ser um banco de dados sobre animais atropelados em estradas brasileiras, o aplicativo segue uma lógica colaborativa

Criado para ser um banco de dados sobre animais atropelados em estradas brasileiras, o aplicativo segue uma lógica colaborativa: junta informações tanto de pesquisadores quanto de pessoas não especializadas no assunto. Para ajudar, é simples: basta fotografar o animal atropelado usando o aplicativo. Por meio do GPS, o local do atropelamento fica registrado.

Idealizado pelos grupos de pesquisa dos departamentos de ciência da computação, ciências florestais e biologia da Universidade Federal de Lavras (MG), o aplicativo contribui para acrescentar informações às pesquisas e aos registros de animais atropelados, dados ainda escassos no Brasil.

E você, tem alguma dica?

Fernanda Távora
Especial para CH On-line

Ações do documento
blog comments powered by Disqus
Carta de intenções

Bússola é o blogue da CH On-line, atualizado por jornalistas, pesquisadores e colaboradores do Instituto Ciência Hoje. Ele traz textos sobre a atualidade científica no Brasil e no mundo, comentários de cientistas sobre resultados de pesquisas, um apanhado do que há de melhor sobre ciência na internet e novidades dos bastidores da redação. Leia nosso post inaugural para saber mais sobre o que você vai encontrar por aqui.

RSS

RSS gif

Seja notificado sempre que for publicado um novo texto no blogue Bússola. Saiba mais sobre RSS.