Ferramentas Pessoais
a a a
Alô, Professor / Intervalo

Guia prático para aulas dinâmicas

‘Kit’ pedagógico interdisciplinar ajuda professores do ensino médio a inserir atividades criativas na prática educacional. Produzido para incentivar a participação de estudantes no Prêmio Jovem Cientista, o material é inspirado no tema central da premiação.

Por: Carolina Drago

Publicado em 30/11/2011 | Atualizado em 14/12/2011

Guia prático para aulas dinâmicas

Material baseado no tema do Prêmio Jovem Cientista, que este ano foi ‘cidades sustentáveis, dá suporte para aulas de diversas disciplinas no ensino médio. (foto: Amanda Nunes)

Aulas dinâmicas, bem planejadas, que se relacionam com outras disciplinas, exploram filmes, pesquisas de campo, questões de vestibular. É o que todo professor busca levar – ou deveria – à sua turma, mas nem sempre consegue. A falta de tempo ou mesmo de recursos dificulta a elaboração de um roteiro de aula que combine atividades criativas com o conteúdo exigido pelo currículo escolar.

Mas há quem ajude os professores nessa tarefa. Um kit pedagógico produzido para divulgar o Prêmio Jovem Cientista nas escolas de ensino médio reúne material didático e interdisciplinar que pode tornar mais interessante e produtivo o trabalho em sala.

Cada edição do prêmio tem como tema um desafio atual do país, e o kit é elaborado com base nessa questão central

Cada edição do prêmio tem como tema um desafio atual do país, e o kit é elaborado com base nessa questão central. O material engloba um caderno com textos e conceitos dirigidos ao professor, outro que traz roteiros de trabalho em sala de aula – com leituras para debate, propostas de abordagem interdisciplinar e indicações de portais, filmes, livros e questões de vestibular – e um terceiro com fichas de atividades.

“A ideia inicial é que esse conteúdo funcione como um estímulo à participação de estudantes do ensino médio no prêmio, mas também que permaneça nas escolas e sirva de apoio aos educadores em suas disciplinas”, defende Marcia Pinto, coordenadora de projeto da Fundação Roberto Marinho, uma das instituições parceiras do Prêmio Jovem Cientista.

Sustentabilidade em pauta

O tema da 25ª edição do prêmio, cujos vencedores foram anunciados no dia 8 deste mês em Brasília, foi ‘cidades sustentáveis’. Planejamento urbano, espaços públicos, gestão de resíduos e políticas de mobilidade foram alguns dos assuntos sistematizados no kit deste ano.

“Quem produz o conteúdo para o caderno do professor são profissionais especializados em cada uma dessas áreas”, explica Marcia Pinto. Com base nesse material, um pedagogo elabora os roteiros de trabalho e as fichas de atividades. Nelas, há uma lista de sugestões de pesquisas de campo.

Caderno do professor
Capas de três capítulos do caderno do professor, que é elaborado por profissionais especializados nas áreas abordadas e desenvolve conceitos associados a elas. (montagem: Carolina Drago)

Na ficha que trata do uso racional da água, por exemplo, pede-se, entre outros exercícios, que os estudantes façam um mapeamento do consumo diário de água na escola, criem uma campanha que premie novas ideias para economizá-la e ainda verifiquem a possibilidade de instalar reservatórios nos pátios para recolher a água da chuva.

“Como a temática do prêmio é interdisciplinar, qualquer professor pode trabalhar esse conteúdo na sua disciplina”, lembra a coordenadora de projeto da fundação.

De Norte a Sul do país

Neste ano, foi acrescentada uma novidade a esse conjunto de ferramentas pedagógicas: o material foi apresentado e discutido em 11 oficinas oferecidas para professores da região Norte do país, com dicas sobre a melhor forma de aproveitá-lo com os alunos.

“Essa iniciativa não só sensibiliza o professor para o projeto, como também permite que ele acrescente elementos regionais às propostas”

Segundo Marcia Pinto, os estados do Norte são tradicionalmente os que menos inscrevem pesquisas na premiação. “Sabemos que há talento escondido por lá, mas, até então, não estávamos chegando adequadamente a esses lugares”, avalia. Como resultado da iniciativa, esta edição do evento registrou inscrições de todo o Brasil – muitas delas vindas de escolas cujos professores participaram das oficinas.

“Essa iniciativa não só sensibiliza o professor para o projeto, como também permite que ele acrescente elementos regionais às propostas de dinâmicas, atraindo ainda mais a atenção dos alunos para o prêmio”, destaca.

Para baixar o kit sobre cidades sustentáveis (em PDF), basta acessar a seção do site do Prêmio Jovem Cientista voltada para o ensino médio. Os professores que quiserem trabalhar com a versão impressa do material destinado às próximas edições da premiação devem solicitá-la pelo e-mail jovemcientista@frm.org.br.

Carolina Drago*
Ciência Hoje On-line

*A jornalista viajou a Brasília a convite do Prêmio Jovem Cientista.

Ações do documento
blog comments powered by Disqus
Apoio à educação

Alô, Professor é um espaço destinado ao diálogo com os professores de ciências do ciclo básico e do ensino médio. A seção Intervalo traz notícias, dicas de atividades e experimentos para uso em sala. Aqui você encontra também informações sobre a coleção de livros Ciência Hoje na Escola e sobre o Programa Ciência Hoje de Apoio à Educação.

Banner Fiocruz dengue 2

Assista a vídeos produzidos pela Fiocruz sobre a dengue e seus impactos.

RSS

RSS gif

Seja notificado sempre que for publicada uma nova notícia no Alô, Professor. Saiba mais sobre RSS.